Presidente da Câmara recua e decide marcar votações em semana junina

5 anos Anterior written by

O presidente interino da Câmara dos Deputados, Waldir Maranhão, decidiu retomar as votações marcadas para a próxima semana. A decisão representa um recuo em relação que havia sido anunciado, de que as votações voltariam a acontecer somente a partir de 5 julho, por conta das festas juninas.Segundo relato que Maranhão fez ao secretário-geral da Mesa Diretora da Câmara, Sílvio Avelino da Silva, houve uma pressão de deputados para a retomada das votações já na semana que vem por conta da repercussão negativa de que a Casa ficaria mais de dez dias sem sessões no mês de junho. As votações, porém, deverão acontecer somente na segunda e na terça – a exemplo que já ocorreu nesta semana.Nesta semana, apenas uma matéria foi votada: a medida provisória que libera o controle estrangeiro de empresas aéreas brasileiras foi aprovada na terça.

Festas juninas nos estados

Na quarta (22), dia da semana que costuma ser o mais movimentado no Congresso Nacional, boa parte dos parlamentares já havia embarcado para seus estados de origem, e os corredores e o plenário ficaram esvaziados. Nem mesmo as comissões funcionaram.Tradicionalmente, os deputados costumam aproveitar este período do ano para participar das festas juninas nos estados, principalmente no Nordeste. Em ano de eleições municipais, as celebrações de junho ganham destaque ainda maior porque os parlamentares que pretendem se candidatar a prefeito usam as festas para fazer campanha informal.

Propostas a serem votadas

Antes da suspensão das sessões da próxima semana, que serão retomadas na segunda, o governo tinha a expectativa de votar medida provisória que institui normas sobre o controle de doping no esporte – proposta importante para o governo devido à realização da Olimpíada e da Paraolimpíada em agosto.Havia também a intenção de avançar na pauta que tornam mais técnicas indicações para fundos de pensão de empresas estatais.(G1)

Comentários

Comentários

Artigos de Categorias:
Brasil · Política

Deixe o seu Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.