Presidente de Associação em SAJ elogia Luís Pascoal e critica Defesa Civil: “Nadinho prometeu e não cumpriu”

6 anos Anterior written by

Os esgotos a céu aberto existentes em quaisquer localidades prejudicam toda uma comunidade, não só devido ao odor, como também expõe a população às doenças. O presidente da Associação de Moradores do bairro Alto Santo Antônio em Santo Antônio de Jesus, Miguel Arcanjo, relatou à Rádio Recôncavo FM nesta sexta-feira (27) que o Superintendente de Obras Públicas do município, Luís Pascoal tem dado muita atenção as pessoas residentes na Rua 17 e após os estragos causados pelas fortes chuvas ocorridas recentemente, se ofereceu para consertar o problema, enviou alguns funcionários que fizeram escavações com as máquinas, mas o resultado prejudicou a população. “Os funcionários quebraram os canos de água, a Embasa colocou um ponto para fazermos o recolhimento enquanto a situação fosse resolvida, mas não tivemos uma solução ainda porque há um esgoto que passa por uma casa na rua e precisa ser quebrado, porém a moradora não quer deixar fazerem o serviço, alegando que em outra gestão foi feita a mesma solicitação e os servidores na época não fizeram o trabalho direito, deixando-a com prejuízos, por isso, agora, ela diz que não cede sua residência, a não ser que a prefeitura a indenize, para que possa sair do local e ficar em outra residência até que os trabalhos sejam concluídos. Procurei alguns responsáveis por órgãos municipais como o Serviço de Atendimento Municipal, o coordenador disse que está esperando o prefeito dar o ‘sinal verde’ para agendar uma reunião.

‘O coordenador de Defesa Civil não cumpriu promessa’- Segundo Miguel, o coordenador da Defesa Civil, Nadinho Cabelereiro, abrigou alguns prejudicados pela chuva na casa de uma senhora viúva . “Ele prometeu que a prefeitura ia pagar um aluguel pela hospedagem, mas nunca mais apareceu e não cumpriu com a promessa, nem para dar atenção sendo que o rapaz está fazendo pequenos serviços para não deixar a dona da casa em débitos”, declarou.Esgoto a céu aberto –O presidente da Associação de Moradores disse que na Rua da Fonte existem problemas no saneamento básico e há um esgoto a céu aberto, que está prejudicando as crianças do local. “Entrei em contato com Luís Pascoal e ele me falou sobre um projeto de calçamento para a localidade e quando este for iniciado, os problemas com esgoto serão resolvidos. Mas o local onde as obras irão começar é na Rua 12, perto de onde reside o vereador Cristiano Sena e longe do esgoto a céu aberto que fica próximo a passarela. Peço ao prefeito Humberto Leite  que se lembre da periferia, assim como da consideração às áreas nobres, pois o bairro possui dinheiro em caixa para a realização das obras e estamos precisando de ajuda”, concluiu.

Redação Voz da Bahia – Samile Macêdo

Comentários

Comentários

Artigos de Categorias:
Bahia

Deixe o seu Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.