Presidente do Sindicato dos Bancários da Bahia explica paralisação e critica PL da terceirização

6 anos Anterior written by

O presidente do Sindicato dos Bancários da Bahia, Augusto Vasconcelos, em entrevista à Rádio Metrópole, nesta quarta-feira (15), comentou sobre o motivo da paralisação nacional da da Central Única dos Trabalhadores (CUT) contra o Projeto de Lei (PL) 4330, pela terceirização dos trabalhadores brasileiros, votado na semana passada na Câmara dos Deputados. “É preciso que essa luta tenha envolvimento da população. Estamos enfrentando o setor mais forte da economia. Fizemos assembleia ontem. A categoria dos rodoviários é uma categoria coirmã, e essa paralisação tem legitimidade muito grande. Esse projeto prolifera a terceirização. Nós fomos pegos de supresa pelo Congresso Nacional. As categorias tiverem pouco tempo para comunicar [a paralisação]. É uma resposta imediata aos problemas recorrente da aprovação do projeto. Por isso os bancos aderiram”, disse Augusto. (Metro1)

Comentários

Comentários

Artigos de Categorias:
Bahia

Deixe o seu Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.