Revelação da folia, gordinho gostoso Neto LX emplaca arrocha tipo ostentação

6 anos Anterior written by

Se existe uma fórmula para o sucesso, certamente a de Neto LX foi aplicada em forma de injeção. Gordinho mais cantado no Carnaval deste ano, Elmiro Neto era magro até os 18 anos, quando teve um problema de garganta e precisou tomar algumas doses de corticoide. Desde então, começou a engordar e não retomou o peso. Hoje, com 26 anos e 106 quilos distribuídos em 1,80m, ele não lamenta nem um pouco a mudança no visual. Mas,  ostenta com orgulho o fato de ser um gordinho gostoso. Neto nasceu em Ilhéus, onde viveu até os 18 anos. Aos 12, ganhou o primeiro instrumento, um cavaquinho, presente da mãe, Edna, para incentivar seu talento musical. “Ela é psicóloga, mas também cantava em bandas de Ilhéus. Minha mãe foi uma grande influência musical”, conta Neto, que cresceu ouvindo Elis Regina, Maria Bethânia, Gal Costa e outros nomes da MPB. “Aos 17, sabia que queria viver de música”, recorda. A ideia agradou a mãe, mas desapontou o pai. Empresário do ramo da construção civil, Belmiro esperava que o filho fosse engenheiro e comandasse os negócios. Mas quando completou a maioridade, ele se mudou para Itabuna, onde o sonho continuou.Três anos depois, Neto chegou em Feira de Santana, onde formou a banda Luxúria. Foi o início da  ostentação. “Me inspirei nos rappers americanos, em Chris Brown, nesse estilo que explora o lado bom do dinheiro, carros, joias, casas bonitas”. Não é só na música e nos clipes que ele anda aproveitando o lado bom da fama. Com uma média de 25 shows por mês, ele fatura entre R$ 50 a R$ 70 mil por apresentação. Mantém uma equipe de 35 pessoas e estima movimentar R$ 1,2 milhão por mês. Valor que triplica em datas especiais, quando cobra cachê de até R$  150 mil. Ostentação O Carnaval é uma dessas datas especiais, quando a poupança fica tão robusta quanto o personagem da música hit do Verão. E mais especial, pois é a primeira vez de Neto na festa. “Sempre vi pela televisão, mas nunca curti, nem como folião. A expectativa está grande e é de muita felicidade. Com minha música concorrendo e meu nome ganhando projeção nacional”. Neto estreia hoje, às 20h, na  Barra. Na segunda, é atração do tradicional bloco Inter. E leva às ruas o mais puro estilo ostenção, traduzido nos acessórios escolhidos a dedo, seu ponto fraco. “Tenho mais de R$ 200 mil  só em joias”. Dois colares tipo batidão chamam atenção. “São de ouro, claro”, garante. O maior tem formato de coroa e as iniciais NLX. “N de Neto, LX de luxúria. Quando saí da banda diminuí o nome, para criar minha própria identidade”. O outro traz um São Jorge. Durante a entrevista, um óculos escuro da grife italiana Gucci não saiu do rosto nem um momento. Brincos redondos incrustados de brilhantes e boné de couro de cobra da marca Hater completam o visual. Os hábitos também não ficam distante do luxo que ele busca  nos acessórios. “Não tomo champanhe todo dia pra não ter cirrose. Mas gosto mesmo é de uísque, todos do Johnnie Walker. Cada um depende da situação. O Blue Label, por exemplo, só para momentos especiais”. Quanto à pegada com a mulherada, Neto informa que o seu tobogã do amor já tem dona. Há um ano, ele é casado com a dançarina Iolanda Souza, do grupo de forró Saia Rodada. “De gordinha, ela não tem nada, mas em pouco tempo vai ficar”. Iolanda está grávida de dois meses do primeiro filho do casal. “Logo, logo vai chegar um gordinho fofinho ou uma gordinha fofinha. No dia do nascimento, um Blue Label será uma boa pedida para festejar”, brinca.

  1. Siga Neto LX
  2. Hoje  Barra-Ondina, às 20h
  3. Amanhã  Camarote Planeta Band Othon, Barra-Ondina
  4. Domingo Carnaval da cidade de  Pompeu, Minas Gerais.
  5. Segunda Bloco Inter, às 13h, Campo Grande
  6. Terça  Carnaval de Porto Seguro

Comentários

Comentários

Artigos de Categorias:
Bahia · Famosos

Deixe o seu Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.