Rogério Andrade: “Eu digo com muita tranquilidade: o prefeito enganou o povo pela segunda vez e a mim também”

6 anos Anterior written by

O Deputado Rogério Andrade (PSD), candidato a prefeito de Santo Antônio de Jesus, participou nesta quinta-feira (11) da primeira rodada de entrevistas promovida pela Rádio Andaiá FM. Rogério abriu a entrevista explicando porque deseja ser o próximo prefeito de Santo Antônio de Jesus:

“Um homem vive de desafios. Eu estou no meu 4° mandato de deputado estadual e tenho um sentimento de que já cumpri minha missão na condição de deputado. Eu tenho um desejo muito grande no meu coração, já há muito tempo, de poder governar essa cidade que me abraçou e me deu todas as oportunidades. Dentro do meu coração, eu tenho um desejo de fazer muito mais do que já fizemos ao longo da vida por Santo Antônio de Jesus e nós entendemos que a maneira é dormindo e acordando aqui. Dedicando todos os dias da minha vida, toda a minha atenção. A partir de janeiro, com fé em Deus e no povo de Santo Antônio de Jesus, que nunca nos faltou, eu haverei de ter a oportunidade de trabalhar muito, mas, muito mais mesmo, pelo povo de Santo Antônio de Jesus, principalmente, aqueles mais humildes, mais necessitados. Aqueles que de fato, precisam do poder público municipal para equilibrar essa desigualdade gritante que existe hoje no nosso município.” – Comentou.

O candidato também falou sobre a sua relação com Santo Antônio de Jesus e como recebe as críticas por não ter nascido na cidade:

“Eu recebo com muita tranquilidade até porque nossos adversários que dizem que eu não nasci em Santo Antônio de Jesus, também não nasceram. O atual prefeito nasceu na Paraíba, muito mais distante. Eu sou muito mais filho de Santo Antônio de Jesus do que o atual prefeito que é paraibano. O outro pré-candidato, Everaldo da CTO, nasceu em Uauá, muito mais distante. E eu nasci numa cidade coirmã, quando faltavam as coisas no município em que eu nasci, a gente recorria ao comércio de Santo Antônio de Jesus. Desde muito pequeno, eu tinha um sonho de um dia morar aqui e Deus me deu essa oportunidade. Em 1998 eu vim morar nessa cidade. De lá pra cá são 18 anos de uma vida dedicada ao povo de Santo Antônio de Jesus, que reconhece essa luta e nos fez quatro vezes o deputado mais votado desse município.” – Declarou.

Rogério também foi perguntado sobre o papel que a vice-prefeita Dalva Mercês terá em um futuro governo:

“Dalva será protagonista. Dalva, a população conhece. Tem uma vida honrada, foi vice-prefeita duas vezes, vereadora, secretária de Ação Social. Dalva, posso dizer que é mãe da pobreza de Santo Antônio de Jesus. Quem não conhece Dalvinha Mercês nos quatro cantos desse município? Essa mulher simples, guerreira, determinada, que passou pela vida pública e saiu da mesma forma que entrou. Voltou pra sala de aula para lecionar e cumprir a sua obrigação. Não teve nenhum receio de abrir na garagem de sua casa, um humilde restaurante familiar, para incrementar a receita da sua família. Então, essa é a Dalva. Mulher, vitoriosa, que teve 23 mil votos nas últimas eleições. Uma votação extraordinária e o mais importante de tudo isso: é ficha limpa! Deixou de ter mandato e saiu do mesmo jeito que entrou, sem tirar o que é do povo”, disse.

Ao avaliar a gestão do município, Rogério lembrou que assim como a população, também foi enganado pelo atual gestor nas eleições de 2012:

“O atual prefeito conseguiu pela segunda vez enganar a população. Não só enganou por duas vezes, como nessa última eleição, enganou a mim também. São 20 anos da última vez em que ele foi prefeito e a gente percebe que só mudou o rótulo. Continua o mesmo Humberto Leite de 20 anos atrás. Então, eu lamento muito por que nós ajudamos a construir a vitória do prefeito. A população nos 4 cantos da cidade sabe disso. Mas, como nós iríamos continuar apoiando um projeto quando a gente não entende como é que o gestor diz que gastou R$ 600 mil em quentinhas em seis meses? A população não entende como é que se comeu tanta quentinha em tão pouco tempo. Eu jamais poderia compactuar com um governo desses. Eu tenho história de luta, trabalho, honradez. O povo me conhece na região, na Bahia. Não era isso que nós esperávamos. Como nós vamos apoiar o projeto de uma pessoa que não respeita os nossos músicos? Que diz na imprensa pra todo mundo ouvir que Santo Antônio de Jesus tem bandas chulas? Não dá. É impossível.” – Comentou.

Rogério continuou explicando porque deixou de acreditar no projeto do atual gestor, lembrando alguns das obras que estão paradas no município mesmo com os recursos em conta:

“Não tem condições de qualquer homem ou mulher de bom senso nessa cidade apoiar e continuar apostando em um projeto desses. Como é que vamos continuar apoiando uma gestão que não teve a capacidade, mesmo com o dinheiro em conta, de concluir as obras do Canal do Mutum? Eu, na condição de deputado, capitaneei recursos para construir a requalificação da Praça São Benedito, o dinheiro desapareceu. A obra ninguém sabe onde foi parar. Uma parte da praça foi iniciada e não foi concluída. A outra parte, a empresa se quer tocou a mão. É uma desmoralização. E é claro que não poderia compactuar. Eu cheguei a acreditar no prefeito quando ele botava a mão para o céu e dizia que amava o povo pobre de Santo Antônio de Jesus. Mas, o povo não é bobo. Tanto que colocou o prefeito na geladeira por 20 anos.” – Destacou.

Rogério finalizou a entrevista lembrando suas origens e deixou uma mensagem para a população de Santo Antônio de Jesus:

“Meu pai é agricultor. Não teve a oportunidade de ir na escola. Eu fui criado no seio de uma família onde a solidariedade sempre imperou. Numa casa em que as pessoas entram pela sala e saem pela cozinha. Entram pela cozinha e saem pela sala. Todos sentam na mesa junto comigo, com meus familiares e compartilham do alimento com a gente. Foi nesse espírito que eu fui educado pelo meu pai, homem simples da zona rural. Eu quero pedir a população que tenha fé, esperança, continue acreditando por que com certeza o melhor está por vir. Os nossos adversários sabem que eu gosto de trabalhar, que eu respeito as pessoas, sou ficha limpa! Nós viemos para dormir e acordar aqui, não para brincar. Para trabalhar pelas pessoas.6 Sabem que nós vamos fazer a diferença. Sabem que as pessoas vão comparar e saber o quanto eles podiam ter feito e não fizeram. Nós vamos fazer porque o povo de SAJ merece muito mais.” – Relembrou. (Ascom)

Comentários

Comentários

Artigos de Categorias:
Bahia · Política

Deixe o seu Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.