Sete cidades baianas estão em estado de emergência por causa das chuvas

6 anos Anterior written by

Sete municípios da Bahia declararam situação de emergência devido às fortes chuvas deste final de semana. Riachão do Jacuípe, São Félix do Coribe, Coribe, Jeremoabo, Santa Maria da Vitória, Santa Rita de Cássia e Jaguaquara já contam com pelo menos 700 famílias desalojadas, informou o governador Rui Costa durante coletiva de imprensa na Governadoria, na manhã desta segunda-feira (25). O município de Cipó segue em estado de emergência desde o início do mês.Rui Costa se reuniu com secretários e representantes da Defesa Civil e do Corpo de Bombeiros na manhã de hoje para discutir a atuação do governo do estado nos municípios atingidos pelas chuvas. Segundo o governador, o volume de chuvas que caiu no estado em janeiro de 2016 é inédito.”Exceto na região sul, que nós estamos hoje com 35% além da média histórica, todas as regiões foram duas vezes a média histórica, chegando, em algumas regiões como a Chapada, Oeste e alguns lugares no Norte, a quatro vezes a média histórica de volume de chuva no mês de janeiro”, declarou.Ainda segundo Rui Costa, a Defesa Civil está enviando colchões, água, filtros e alimentos aos municípios afetados. “Esse é o momento de fazer a assistência às famílias. A água está baixando em Riachão e em algumas cidades, e só aí será possível fazer a contabilidade correta”, afirmou o governador em relação à quantidade de famílias desabrigadas por causa das chuvas.

Riachão do Jacuípe

Das 700 famílias desalojadas pelas chuvas na Bahia, 450 estão em Riachão do Jacuípe, segundo a contabilização do governo do estado. Para avaliar a situação, o governador deve visitar as áreas mais afetadas do município na terça-feira (26), acompanhado pela prefeita Tânia Regina Alves.”Hoje falei mais uma vez por telefone com a prefeita e ela está fazendo o levantamento. Disse que a água já baixou e eu pedi que ela faça o levantamento casa por casa, inclusive com relatório fotográfico, para que nós possamos dar assistência às famílias e, ao mesmo tempo, pedir ajuda do Governo Federal, do Ministério da Integração”, afirmou.

Comentários

Comentários

Artigos de Categorias:
Bahia

Deixe o seu Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.