Síria: grávida ferida dá à luz bebê com marca de estilhaços

7 anos Anterior written by

Uma mulher que ficou ferida em um ataque aéreo deu à luz em um hospital de Aleppo, no norte da Síria, uma menina que nasceu com uma marca na testa causada pelos estilhaços que tinham ferido sua mãe, informou a emissora americana CNN. O bebê, cujo nome é Amel, que significa Esperança, nasceu horas depois de sua família ter sido vítima de um bombardeio quando se encontrava em casa, no último dia 18, segundo médicos e testemunhas citados pela emissora. A mãe, Amira, sofreu ferimentos no rosto e no corpo, segundo o porta-voz do hospital Mashfa al Midani em Aleppo, Abu Loui, ao explicar que a mulher conseguiu chegar ao centro médico com seus três filhos levemente feridos. No hospital, Amira “parecia triste e confusa” e “estava sangrando em várias partes de seu corpo, inclusive no ventre”, por isso os médicos decidiram submetê-la a uma cesárea de emergência e se surpreenderam quando perceberam que os estilhaços tinham atravessado o corpo da mãe e atingido a cabeça da menina. “Não sabemos se a menina salvou a mãe dos estilhaços ou se foi a mãe que salvou a filha”, disse à CNN um dos médicos que participaram da operação. “O que sabemos é que o diabólico regime (sírio) tentou matá-las”, concluiu. O hospital publicou um vídeo da operação em seu perfil do Facebook, onde é possível ver como os médicos extraem os pedaços de estilhaços do pequeno corpo de Amel. “Ainda não tinha nascido e já era um alvo. Esta é a situação. Espero que ela tenha um futuro melhor”, disse outro dos médicos. (Terra)

Comentários

Comentários

Artigos de Categorias:
Internacionais

Deixe o seu Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.