Suzane von Richthofen foi pedida em casamento

5 anos Anterior written by

Em março de 2015, Sandra Regina Ruiz Gomes, de 33 anos, ganhou o direito ao regime semiaberto e foi transferida para o Centro de Ressocialização Feminino de São José dos Campos. Com isso, deixou o presídio de Tremembé e por consequência, a namorada Suzane von Richthofen, 32. Logo depois da mudança de endereço, Sandrão, como é mais conhecida, resolveu terminar o relacionamento com a interna por uma carta. Mas não foi por muito tempo que Suzane ficou solteira. A presa que fez o papel de cupido, Luciana Olberg, cumpre pena de dezoito anos e nove meses. Foi condenada por cumplicidade com o marido no caso do estupro de duas gêmeas de 3 anos, ocorrido em 2013. Durante encontros na cadeia, o irmão dela, Rogério Olberg, de 37 anos, comentava que era fã de Suzane e a achava muito bonita. Ao saber da história, o alvo desse amor platônico passou a dar corda ao flerte. Em julho de 2015, durante um dia de visita, a condenada a 39 anos pela morte dos pais resolveu fazer um gesto mais ousado. Ao ver o paquera por ali, jogou discretamente, por entre as grades da janela de sua cela, uma foto sua em direção ao rapaz, que retribuiu o presente na hora com um olhar. A partir de então, eles começaram a se corresponder por carta. Quatro meses depois, em outro dia de visita, ele ficou de frente para Suzane pela primeira vez em um corredor do presídio, quando ela se dirigia ao refeitório do local. Beijaram-se ali e iniciaram o romance. Rogério é evangélico (frequenta uma Igreja do Evangelho Quadrangular), mora em Itapeva e possui uma empresa de carretos em outra cidade, Angatuba, situada a 103 quilômetros de sua casa. É divorciado e tem um filho de 8 anos. Ele e a nova namorada planejavam celebrar o Natal do ano passado juntos, mas a Justiça negou a Suzane o pedido de saída temporária. Na Páscoa de 2016, no entanto, ela conseguiu o benefício pela primeira vez em catorze anos de reclusão. Alguns cuidados foram tomados para despistar a imprensa na porta do presídio. No dia combinado, Suzane saiu de Tremembé com uma peruca preta de estilo chanel e embarcou em uma caminhonete cinza S10 que o namorado havia pegado emprestado do cunhado. De lá, o casal dirigiu-se a Angatuba e ficou em um sítio durante o feriado. De acordo com a Veja São Paulo, no último dia 4, ela recebeu outra autorização para deixar a cadeia, devido ao fim de semana do Dia das Mães. Rogério a apanhou em Tremembé (ela usava a mesma peruca da saída anterior) e eles passaram por Itapeva antes de chegar ao sítio em Angatuba. Suzane permaneceu a maior parte do tempo dentro da residência. Quando saiu de lá, usando boné e óculos escuros, foi à igreja com o namorado, fez compras em um supermercado e arranjou um biquíni para poder passear em uma das cachoeiras da cidade. Em uma dessas andanças, Rogério lhe cobrou a resposta a um pedido de casamento feito por carta. Ela acabou aceitando e eles ficaram noivos.

Comentários

Comentários

Artigos de Categorias:
Brasil · Entretenimento

Deixe o seu Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.