Viúva de parlamentar envolvido na Lava Jato diz que marido pode estar vivo

6 anos Anterior written by

A CPI da Petrobras avalia a possibilidade da exumação do corpo do ex-deputado do PP, José Janene, morto em 2010. O falecido tem o nome envolvido nas investigações de corrupção da estatal e também foi envolvido no esquema do mensalão. Segundo informações do colunista Lauro Jardim, da Veja Online, a viúva de Janene, Stael Fernanda Janene, foi convocada para depor na CPI da Petrobras, pois revelou aos deputados do PMDB, a suspeita de que o seu marido esteja vivo. Conforme a publicação na coluna de Jardim, Janene teria fugido para escapar do mensalão, do petrolão e de outros esquemas. Com a suspeita, o deputado do PMDB que preside a CPI, Hugo Motta, vai investigar as declarações. Fernanda será convocada para depor, provavelmente na próxima semana. “Pensamos em pedir a exumação do corpo de Janene”, diz Mota.O parlamentar morreu em 14 de setembro de 2010 aos 55 anos, em São Paulo. Conforme informação do Instituto do Coração, na época, Janene estava na fila de espera para transplante de coração. (Metro1)

Comentários

Comentários

Artigos de Categorias:
Brasil · Política

Deixe o seu Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.